29 Abril 18

ONF Brasil divulga termo de referência para análise técnica-econômica da cadeia da madeira e de produtos florestais não madeireiros na região noroeste do Mato Grosso

Escrito por 

As cadeias dos produtos florestais não madeireiros agrupam uma multitude de produtos de natureza distinta e com ciclos do produção/colheita, transformação e mercados diferentes. As cadeias são uma fonte de ingresso (principal ou complementar) para muitas famílias na região noroeste do Mato Grosso mas ao mesmo tempo a extração não regulamentada dos produtos pode levar a problemáticas ambientais (ameaças para as espécies, impactos ambientais dos processos de colheita/transformação…), sociais (conflitos de acesso nas florestais, propriedade dos produtos…) e econômicas (esgotamento do capital natural e dos ingressos para as famílias). E o caso de Cotriguaçu onde representa ingresso direto e indireto para a metade da população ativa.

Por isso, o objetivo do estudo proposto é de trazer elementos chaves de decisão sobre a sustentabilidade econômica, ambiental e social das cadeias de produtos florestais não madeireiros identificadas na região e do mercado da madeira.

Se inscreva nos cargos de Consultor – Análise Técnico-econômica de Sistemas de Produção no Noroeste do Mato Grosso com foco principal nos produtos florestais não madeireiros (TDR Cadeias produtos florestais MT – Petra_VFinal) e Consultor – Análise Técnica-econômica de Sistemas de Produção no Noroeste do Mato Grosso com foco principal na cadeia da madeira (TDR Cadeias PFNM MT – Petra_Vfinal).

Ler 27 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Restrito

Facebook

Contato

Centro de Pesquisa do Pantanal

Rua Dois, N.º 497, Sala 02, Bairro Boa Esperança

Cuiabá - MT

Telefones: + 55 (65)3627-1887

Email: gestao.cpp@gmail.com

Sobre nós

O Centro de Pesquisa do Pantanal – CPP – é uma organização independente, com enfoque humanista e sem fins lucrativos. Seu propósito maior é a promoção da cidadania, que no século XXI, tem na questão ambiental seu ponto chave.

Funcionando em estrutura de rede, o CPP está fortemente calcado em parcerias governamentais e não governamentais dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, contando também com o apoio de setores do governo federal.